Contextualização da iniciativa

O Mercadinho Português é, essencialmente, um mercado de artes manuais, peças de autor, novas marcas e produtos gourmet. Em determinadas edições também existe um pequeno espaço dedicado aos artigos vintage e de colecionismo.

O projeto surgiu no ano de 2012, na altura, sob um nome diferente ("Negócio de Rua"). As primeiras edições aconteceram nas cidades de Braga, Viseu, Guimarães e Vila do Conde e foram realizadas em parceria com associações recreativas e culturais locais. Ao longo dos anos, o projeto foi evoluindo e, neste momento, o Mercadinho acontece em vários centros e galeriais comerciais do Norte do país, entre eles, galerias Continente (Maia Jardim, Gaia Jardim e Continente Valongo), galerias Pingo Doce (Sta Maria da Feira e Aveiro), no CC Ferrara Plaza em Paços de Ferreira, no CC E.Leclerc Braga e, pontualmente, no CC Espaço Mais Grijó. 

No Mercadinho Português, qualquer empreendedor, artesão, criador ou produtor, quer se dedique a tempo inteiro à atividade ou apenas "nas horas vagas", poderá participar desde que apresente um artigo de qualidade e cuja produção não seja de cariz totalmente industrial e massificada. Através do mercadinho, os participantes têm uma oportunidade excelente de apresentar as suas marcas e produtos em espaços de referência, muitas vezes, de difícil acesso para a grande maioria.

O Mercadinho Português é também um espaço de lazer onde onde se procura criar um ambiente em que participantes e visitantes possam conviver e partilhar experiências, nomeadamente através dos "Ateliers do Mercadinho", passatempos, ações especiais e exposições que, esporadicamente, acontecem em simultâneo com o mercadinho propriamente dito.

Atuais parceiros: CC Continente de Valongo, CC Continente Gaia Jardim, CC Continente Maia Jardim, CC Pingo Doce de Santa Maria da Feira, CC Pingo Doce Aveiro, CC Ferrara Plaza, CC Espaço Mais Grijó e CC E.Leclerc Braga.